Investimento em PMEs

Quais são as oportunidades que existem em investimento imobiliário

Imagem do card
09/03/2021 | Patricia Stille

Faz parte da cultura brasileira a visão de que imóveis são um investimento seguro. No senso comum, em um país em que já houve confisco de poupança, o setor imobiliário parece ser uma proteção tanto contra a perda de valor quanto contra a volatilidade. 

Muitas pessoas se posicionam nesse mercado de forma tradicional, comprando e vendendo imóveis, mas à medida que o mercado de capitais evolui, surgem novas oportunidades de investimentos lastreados em imóveis. Esses novos veículos de investimento ajudam tanto o incorporador a ter acesso a capitais quanto a criar oportunidades interessantes para investidores.

Perspectivas para o mercado imobiliário em 2021

O mercado imobiliário também sentiu reflexos da pandemia, mas eventos assim sempre trazem transformações e, consequentemente, oportunidades.

Por exemplo, quando olhamos para o mercado de imóveis residenciais, um levantamento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC) realizado em fevereiro de 2021 indica que 41% dos brasileiros têm a intenção de comprar imóveis nos próximos dois anos 1.

Apesar de estar 11% abaixo da intenção de compra medida pela CBIC em setembro de 2020, este percentual está próximo aos patamares pré-pandemia, quando 43% dos brasileiros tinham a intenção de comprar imóveis.

Quando decomposta por renda, a intenção de compra de imóveis é maior na faixa de pessoas com renda individual acima de R$ 12 mil por mês. Neste público, de alta renda, a intenção de compra de imóveis para os próximos dois anos está em 44%. E destes, 11% estão efetivamente procurando corretores e visitando imóveis, o maior percentual entre as várias faixas de renda.

No mercado corporativo, também há várias oportunidades, especialmente em galpões logísticos. O setor está sendo beneficiado pela aceleração digital do varejo, o que está demandando expansão na infraestrutura logística. Um estudo realizado pela SiiLA Brasil 2 apontou que no quarto trimestre de 2020 o saldo entre novos metros quadrados ocupados e devolvidos em condomínios logísticos foi de 672.589 m². Para 2021, a projeção é de acréscimo de 1,5 milhão de metros quadrados à infraestrutura de galpões logísticos só no estado de São Paulo.

Há ainda o desenvolvimento de novos modelos de negócio imobiliários, como o coliving e a moradia por assinatura, como é o caso a Housi. Transformações, novos hábitos e novos formatos de produtos imobiliários tendem a criar oportunidades interessantes e acessíveis para os investidores.

Novas modalidades de investimento imobiliário

Quando se fala em investimento imobiliário, o investidor um pouco mais esclarecido deve pensar que os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) são as alternativas mais óbvias. Essa modalidade de investimento já é bastante conhecida.. De acordo com a Anbima, o patrimônio investido nos FII somava R$ 164 bilhões em fevereiro de 2021 3. Para efeito de comparação, os fundos de recebíveis, que movimentam parcela relevante do mercado de crédito para pessoas jurídicas, contam com R$ 180 bilhões em patrimônio investido.

Uma modalidade que está ganhando relevância é o crowdfunding imobiliário. Viabilizado por meio das regras da Instrução CVM 588, o crowdfunding permite que pessoas físicas se tornem sócios ou investidores de recebíveis de projetos de incorporação imobiliária.

Por meio de plataformas de investimento coletivo como a beegin.invest, é possível captar tanto títulos conversíveis em participação societária de empresas de construção quanto títulos de dívida lastreados em projetos imobiliários diretamente. O retorno desses investimentos normalmente são auferidos através da participação do valor do aluguel cobrado nas propriedades incorporadas, um percentual das vendas dos empreendimentos, ou ainda juros remuneratórios.

Por conta dos limites estabelecidos pela Instrução CVM 588, o crowdfunding imobiliário acaba sendo uma oportunidade interessante para investir em projetos de menor porte, que podem ser bastante atrativos, mas enfrentariam custos proibitivos buscando financiamento por meio dos FII tradicionais.

Como a beegin.invest atua?

A beegin invest é uma plataforma de investimento coletivo que atua dentro das regras da Instrução 588 da CVM e tem como objetivo oferecer oportunidades no mercado de ativos alternativos, em especial emissões de pequenas e médias empresas (PMEs) com faturamento acima de R$ 3 milhões. 

Muitos empreendedores do mercado imobiliário estão dentro deste perfil que buscamos atender. Vários deles cresceram e se desenvolveram sem acesso ao mesmo volume de capitais disponível aos grandes incorporadores. E são inúmeros os que conseguem operar com um baixo nível de alavancagem, ou seja, sem endividamento elevado, muito em razão de terem chegado até aqui reinvestindo seu próprio patrimônio.

Por conta dessas características, acabam se tornam oportunidades mais seguras, com boas garantias, que podem proporcionar bons retornos aos investidores que alocam recursos nesses projetos. 

Faça seu cadastro e conheça as oportunidades de investimento oferecidas pela beegin.invest.

Notas

1 CBIC. Indicadores Imobiliários Nacionais, 4º trimestre de 2020. Disponível em https://cbic.org.br/wp-content/uploads/2021/02/indppt4t202022fev-1.pdf. Acessado em 25 de fevereiro de 2021

2 SIILA BRASIL. Mercado de condomínios logísticos cresce em meio à pandemia. Disponível em https://www.siilabrasil.blog/post/mercado-de-condom%C3%ADnios-log%C3%ADsticos-cresce-em-meio-%C3%A0-pandemia. Acessado em 25 de fevereiro de 2021

3 ANBIMA. Consolidado Diário de Fundos de Investimento. Disponível em https://www.anbima.com.br/pt_br/informar/estatisticas/fundos-de-investimento/fi-consolidado-diario.htm. Acessado em 25 de fevereiro de 2020. 

Crédito da foto: Imagem de Free-Photos por Pixabay 

Compartilhar em: